Antes do café da manhã

Você fez sexo antes do café da manhã?sem planejar, apenas acordou com vontade, olhou para  lado e decidiu fazer a pessoa que dormia com você muito feliz? Eu já fiz e recomendo que você faça, de preferência na segunda-feira, isso deixará a sua semana incrivelmente mais interessante. Esperamos o seu comentário, se você gostar dessa história, por favor, dê 5 estrelas e se ainda tiver um tempinho, visite os anúncios, isso ajuda a pagar as contas. 😉

Conto erótico lésbico – Antes do café da manhã

Os primeiros raios de sol entravam pela janela, era o sinal que precisávamos para despertar. Tatiana havia estudado até tarde na noite anterior, por isso não pudemos saciar nosso desejo, mesmo assim dormimos abraçadas. Seu corpo quente e suas nádegas coladas à minha pelves pareciam a chave para outro mundo, um mundo perfeito onde só existia eu e ela.
Acordada, observo Tatiana, seu corpo se move ainda com sono procurando a melhor posição para desfrutar dos últimos minutos que lhe restam de sono. Meus olhos percorrem seu corpo em repouso, seu perfume me leva a um estado de embriaguês, suas costas, seu bumbum… Não controlo minhas mãos e passeio pelo seu corpo, explorando suas curvas, percorrendo novos caminhos.
Antes que perceba, me sinto completamente molhada. O toque de antes já não é mais suficiente, e aprofundo as carícias, revezando com beijos suaves e pequenas lambidinhas que fazem seu corpo arrepiar.
Então Tatiana desperta, mas permanece imóvel, desfrutando das carícias e deixando escapar pequenos suspiros. São sinais de que estou no caminho certo.
Me deito sobre seu corpo e beijo cada pedacinho. Tatiana não se move, mas sinto sua respiração acelerada. Deslizo minha mão para dentro de sua calcinha. Totalmente molhada, ela finalmente rebola. Tentando controlar a agonia que toma conta de seu corpo, ela rebola em minha mão. Me movo no ritmo do seu corpo, mas não demora muito até que Tatiana decida tomar o controle.
Antes que eu pudesse lutar contra, Tatiana sai da inércia e me faz deitar na cama, olha nos meus olhos com o sorriso mais safado, abre minhas pernas e afasta minha calcinha para o lado. Como se estivesse hipnotizada, me toca e massageia meu clitóris.
Perco a razão em seus braços. Não consigo mais dominá-la e ela se diverte com isso. Em meu ouvido, diz palavras de carinho acompanhadas de coisas sujas – que gosto de ouvir. Seus beijos tentam sufocar meus gemidos que, nessa hora, já acordaram metade dos vizinhos.
Sem controle, me sinto como uma pintura na mão do artista, pronta para novas experiências, descobrindo novos caminhos… Não demora muito até que gozo com a mesma intensidade que começamos aquela manhã. Tatiana, que também se toca enquanto me bebe, goza logo em seguida.
Adormecemos mais uma vez.
Naquela manhã perdemos o horário, mas ganhamos um dia cheio de sorriso, um prazer que jamais será esquecido.

 

Agora nós temos um índice de contos eróticos por categoria, leia mais!

Related Posts

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked.