Archive for Poesia erótica category

Poemas Eróticos – Internato

Encontrei esse Soneto erótico de Paul Verlaine e achei digno de compartilhar no blog. Não gosto muito de Soneto. Me sinto mais envolvida por histórias que são contadas de forma poética, mas esse me chamou atenção pela leveza.

Paul Verlaine era um poeta homossexual e sabia retratar muito bem o amor entre duas mulheres.

INTERNATO

Uma quinze anos, dezesseis a outra,
Dormiam as duas no mesmo quarto.
Numa noite abafada de setembro:
Frágeis, olhos azuis, rubor de frutas.

Para ficar a gosto as duas tiram
As finas camisolas perfumadas.
A mais moça abre os braços e se arqueia
E a beija a irmã, com as mãos nos seus seios,

Depois cai de joelhos, fica atrevida
E tumultuosa e doida e sua boca
Afunda no ouro claro, em meio às sombras

Mas a menina, nos dedos mimosos
Vai recontando as valsas prometidas
E, corada, sorri com inocência.

(Soneto erótico de Paul Verlaine, tradução Heloisa Jahn).

 

———————————–

Gostou deste poema erótico? Então dê 5 estrelas.

Leia mais Poesias eróticas em – Cique aqui

Read more...
Load More
7 of 7