A cor do pecado artigo

A cor do pecado

Tenho manias diversas. Entre elas, a de olhar uma pessoa e imaginá-la nua. Atire a primeira pedra quem nunca teve manias. Mas, dentre as minhas estranhas manias, está a linkar pessoas a cores e cheiros. O cheiro, porque cada um tem um, e isso é fato. O mesmo perfume pode ser utilizado por várias pessoas, mas cada uma vai transformá-lo e deixa-lo bom ou impossível de ser sentido. Algumas pessoas causam antipatia, inclusive, pelo cheiro. Outras, mesmo sendo antipáticas, nos remetem a sentidos tão próprios que ficam até mais atraentes.

Mas hoje vou falar das cores. Desse link maluco que faço entre as pessoas e as cores. Se quero uma pessoa, se desejo uma pessoa, penso logo na cor que combina com ela e começo a imagina-la com lingerie específica. Alguém mais tem esse hábito?

Enfim, maluquice ou não, o fato é que a maioria das pessoas fica bonita com lingerie preta, emagrece e é sexy… As de pele morena ficam lindas com cores brancas. Salientam a cor da pele e deixam as curvas à mostra. Mas a cor do pecado é a vermelha. Essa sim é uma perdição.

Nem todas as mulheres ficam bonitas de vermelho, mas não há quem resista a uma lingerie vermelha. É provocante, sensual e praticamente deixa claro que a pessoa que a veste quer sexo. E sexo bom!

Ai eu começo a imaginar aquela mulher se vestindo. O pensamento dela, ao escolher a lingerie vermelha. Se tiver cinta-liga então… com certeza são os pensamentos mais pecaminosos. Ao imaginar os pensamentos e ela se vestindo, começo a imaginar o inverso. A lingerie sendo retirada aos poucos daquele corpo. O vermelho fica bonito nas morenas, nas branquinhas, nas negras, nas ruivas… O vermelho não tem preconceito, não faz distinção. O vermelho é utilizado para quem não quer ficar no zero a zero.

Por isso gosto do vermelho. Me proporciona a certeza de uma noite boa, intensa, sem preconceitos. Uma noite quente, de prazer. Então, meninas, minha dica da semana é: use e abuse dos tons vermelhos. Lingerie, unhas, boca, sapatos… Mostre o que quer, vá à luta. Se atire, devore. Não perca tempo em ser feliz, em ter prazer.

Related Posts

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked.