Conto_erotico_o_lenco

O lenço

Certa vez ganhei um lenço de presente. Na ocasião pensei que nunca teria serventia, mas guardei numa caixa e por muito tempo o lenço ficou esquecido. Até que Bianca encontrou a caixa e se apaixonou pelo lenço. Aquele simples pedaço de pano se transformou em nosso Kitsch Erótico. Prolongamos o nosso prazer por muitas luas.

Nessa época minha confiança por Bianca estava fraca, cada vez mais distante.Sentia que estávamos perdendo nossa química. No entanto, eu estava sexualmente tão satisfeita que não queria pensar na possibilidade de começar tudo de novo com outra mulher. Seria impossível contar quantas vezes fizemos amor – fizemos tanto quanto era possível e eu sabia que sentiria muita falta disso. Durante um ano inteiro acreditei ser impossível ter outra silhueta em minha cama que não a de Bianca.

Desde o começo sempre fomos muito conectadas. Quando fazíamos amor nos olhávamos nos olhos quase o tempo todo. Bianca conhecia meu corpo, meus gostos, ela dizia as palavras certas na hora certa. Seu desejo chegava muito perto do meu. Ela não era mulher de fazer surpresas, mas fazia tudo que eu pedia. Quando suas mãos pequenas e fortes apertavam a minha cintura, puxavam o meu cabelo ou penetravam em meus orifícios molhados, eu não tinha medo, pois seus olhos me passavam segurança.Eu me sentia o seu reflexo. Eu via verdade e sinceridade.

Então como eu poderia continuar a fazer amor com Bianca? Como eu poderia continuar sem essa sinceridade, sem essa confiança, sem segurança? Eu acreditava que, se a confiança fosse embora, a intimidade iria junto. Eu não conseguia olhar nos olhos de Bianca, logo, não éramos mais intimas.

A resposta foi o lenço… Dizem que fazer sexo com uma pessoa não torna você íntima dela, nem significa que você confie nessa pessoa. Mas fazer sexo pode ser o começo para as duas coisas, além de ser muito divertido. E não queríamos perder essa diversão. Antes de Bianca descobrir o lenço sabíamos que essa diversão estava comprometida, então tínhamos de escolher entre uma nova experiência ou o fim da relação.

Sei que você deve estar se perguntando: o que um simples pedaço de pano pode ter de mágico para salvar uma relação? Mas não era o lenço que salvaria a relação, mas sim o que faríamos com ele. O lenço representa olhos vendados, venda que não se restringe apenas à visão física, aquela que cobrimos para despertar outros sentidos e intensificar o prazer. Representa também os olhos da moral, do medo, do ciúme e claro, do pré-conceito.

CONTINUA…

Related Posts

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked.