conto erótico Tudo sobre ela2

Tudo sobre ela – parte 2

As horas no bar passaram voando. Então fui leva-la em casa.

– Entra um pouco, quero te mostrar algumas músicas.

– Tudo bem. – Estacionei melhor o carro. Desci. Subimos para o apartamento dela. Ela ligou o som.

– Vou preparar uma bebida pra você. – Ela disse enquanto prendia o cabelo. – Já te contei que trabalhei como bartender?

– Não. Essa você escondeu de mim.

– Vem ca, vou te mostrar. – Eu a acompanhei até a cozinha. Lá ela me mostrou uma infinidade de bebidas diferentes. Eu havia economizado alcool no bar por causa da direção. Mas o sorriso dela enquanto preparava as bebidas, estava delicioso. Não tive como recusar. Um drink. Uma dose. Um drink. Outra dose. Até que ficou dose beber.

– Nossa! Uau! Nunca bebi tanto na minha vida, nem em minha época de caloura.

– Não vou deixar você dirigir assim. Tem lugar para você dormir confortável.

– Eu agradeço, vou aceitar.

– Eu vou arrumar uma toalha para você tomar um banho, o que acha? Acho que vai te ajudar com o alcool.

– Verdade. Isso é bom.

– Vai tomando banho enquanto eu arrumo a cama. – Entrei no banheiro. Deixei a água quente cair durante um tempo no meu pescoço. O banho diminui a tontura do alcool, como ela havia dito. Vesti uma roupa que ela me emprestou e a encontrei na cozinha.

– Minha vez no banho. – Ela disse sorrindo. – Você pode ficar a vontade e esperar na cama.

– Certo. Onde fica?

– No meu quarto. O seu lugar é na minha cama. – Ela sorriu e foi tomar banho. A ficha começou a cair. Mas eu ainda não tinha certeza se ela estava sendo simpática, ou se realmente estava dando em cima. Eu deitei na cama. Fechei os olhos. Relaxei. – Abre os olhos. – Ela estava na minha frente enrolada na toalha. Nos beijamos. A toalha foi atirada para algum canto. Então beijos, mordidas arranhões, suspiros, gemidos, suor e tremor. O extase. O gozo. O momento pós prazer. O sono.

Eu voltei nas noites seguintes. Nós conversavamos sobre nossos textos. E ela me mostrava seus desenhos. As paixões também a movimentavam. O sexo ficava cada vez melhor. Mas algo começama a me incomodar. A relação que ela mantinha com o ex namorado era algo que aos poucos começou a me deixar inquieta.

—————————————————-

Leia também a Parte 1

Related Posts

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked.